Homem que matou ex-sogra a tiros e feriu ex-sogro em Divinópolis é condenado a 25 anos de prisão

Julgamento foi realizado nesta terça-feira (23). Crime foi no Bairro Belo Vale, em Divinópolis, em 2017.

Éverton de Freitas Guimarães, que matou a ex-sogra a tiros e feriu o ex-sogro no Bairro Belo Vale, em Divinópolis, em 2017, foi condenado a 25 anos de prisão em regime fechado. O advogado de defesa Fernando Henrique disse ao g1 que vai recorrer da decisão.

O julgamento foi realizado nesta terça-feira (23). O Tribunal do Júri foi composto por sete jurados e foi presidido pelo juiz Mauro Riuji Yamane.

Relembre o caso
Inconformado com o fim do relacionamento com uma jovem, Éverton de Freitas Guimarães foi até a casa onde ela morava com os pais. No imóvel ele discutiu com a ex-sogra, sacou a arma e atirou na cabeça da vítima. O marido dela interviu e também foi baleado no abdômen e socorrido. Éverton não chegou a entrar na casa.

Logo após o crime, Éverton tentou fugir, mas foi contido e agredido por populares, que ainda apedrejaram o carro dele. Com a chegada da Polícia Militar, ele recebeu voz de prisão e também foi socorrido.

A arma usada no crime e uma réplica de pistola foram apreendidas.