Prorrogado por 30 dias prazo para efetivação do contrato do Fies

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC), anunciou que está postergado o prazo para a efetivação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Com essa alteração, aumenta o tempo limite para a validação e a formalização do financiamento estudantil junto ao agente financeiro. A mudança é válida para as inscrições do primeiro semestre de 2020 vencidas até esta data.

A validação é feita por meio das Comissões Permanentes de Supervisão e Acompanhamento do Fies (CPSAs), nas instituições de ensino. O processo é finalizado após análise das confirmações complementares enviadas pelo aluno por meio da página do programa na internet.

Inicialmente, as informações prestadas no portal pelos estudantes deveriam ser validadas em até cinco dias junto às Comissões da instituição de ensino na qual o candidato fará o curso. Após análise, pode ser solicitado mais documentos ou, em caso de tudo estar correto, o aluno recebe o Documento de Regularidade da Inscrição (DRI), que serve para formalizar a contratação do financiamento.

Com a mudança anunciada pelo MEC nesta segunda-feira, foi prorrogado esse processo por mais 30 dias.

Na semana passada, o MEC já havia anunciado uma prorrogação por tempo indeterminado na lista de espera do Fies e do ProUni, o Programa Universidade para todos.

Todas essas medidas foram tomadas pensando em minimizar os efeitos da pandemia do coronavírus aos estudantes. Devido a Covid-19 muitas universidades públicas e particulares estão com seus funcionamentos alterados ou suspensos.

 

By Alice Pavanello

Veja também